Editorial

Resposta em face de publicação da Revista Crusoe, do dia 11/10/19, entitulada “Os blogueiros de crachá”, assinada por Felipe Moura Brasil

Meu nome é Otavio Fakhoury. Tenho 46 anos, sou brasileiro, casado e pai de família. Sou neto e bisneto de imigrantes libaneses, nascido e educado em bases cristãs. Nossa tradição familiar é de muito trabalho, e apesar de eu ser formado em Administração de Empresas pela EAESP/FGV, costumo dizer que meu PhD é da “Universidade […]

Intervenção no RJ: quem intervirá na ideologia
Editorial

Intervenção no RJ: quem intervirá na ideologia?

O fim da possibilidade do cidadão comum possuir uma arma fez com que apenas bandidos e o Estado pudessem se armar. Isso era óbvio. Com o tempo, naturalmente, a origem da bandidagem carioca iria se manifestar. Com ideologia esquerdista grassando nos morros cariocas desde a sua origem, caberá a esse editorial lembrar alguns fatos importantes.

A desmoralização do Ocidente é como um efeito dominó: ao desmoralizar as primeiras peças, todas as outras caem na sequência.
Destaques Editorial

A desmoralização do Ocidente

Desde que a esquerda abandonou a política e dominou outras áreas, o Brasil passou a ser cada vez mais um país imoral. Técnicas de programação neurolinguística, dessensibilização, inversão dos papéis na sociedade, agitação e propaganda vêm ocupando a mente dos brasileiros. Ainda confusos, muitos se surpreenderam com as exposições Queermuseum e O Bicho sendo patrocinadas por grandes atores globais no escancaramento de seus caráteres.

A organização criminosa que tomou o poder no Brasil
Editorial

A Organização Criminosa que dominou o Brasil

Políticos fisiológicos e ideológicos, como os do PMDB, PP e PT, formaram a maior organização criminosa do mundo aqui no Brasil. Não são de corruptos comuns. Desviam bilhões, guardam milhões em apartamentos e matam os brasileiros de fome, pela violência, pela pobreza, pela falta de higiene, saneamento e educação. São os piores políticos do mundo.

Bolsonaro: o Trump brasileiro; Dória: o Macron brasileiro; Ciro: a opção da extrema esquerda
Editorial

Bolsonaro: o Trump brasileiro; Dória: o Macron brasileiro; Ciro: a opção da extrema esquerda

Quando Trump venceu as eleições ano passado, Bolsonaro prontamente entrou em contato e se definiu como o Trump brasileiro. Há paralelos. Ambos têm conquistado fatia considerável da população com um discurso nacionalista contra as ideologias globalistas e comunistas. Ambos têm insistido numa luta intensa contra as políticas marxistas implantadas mundo afora em diversas democracias ocidentais. As semelhanças param por aí.

Marcos Valério e o fim do tucanopetismo
Editorial

Marcos Valério e a delação do fim do tucanopetismo

A delação mais importante da história não tem vindo de empresários. A delação de Marcelo Odebrecht foi enorme, muita coisa ainda vai ser julgada. Mas foi pouco. As mais bombásticas, até o momento, partiram de pessoas do meio político, como Delcídio do Amaral. Mas nenhuma pode atingir tanto o esquema do tucanopetismo quanto a de Marcos Valério.

Brasília, a ilha da ideologia, da farsa e do totalitarismo
Editorial

Brasília: a ilha da ideologia e da corrupção

Isolada do povo, Brasília tornou-se uma ilha da ideologia e da corrupção. A prova disso é que, em nossa classe política, quem não está envolvido ideologicamente com um projeto totalitário de poder, está apenas buscando o seu quinhão no meio dos desvios do tesouro nacional. Quanto menos Brasília, melhor.

Brasil: O Jardim das Aflições
Editorial

Brasil: O Jardim das Aflições

O Brasil é um verdadeiro jardim das aflições. Similar ao título do livro bastante poético de Olavo de Carvalho, o nosso país tem deixado a todos extremamente aflitos. Ainda haveremos de ver um país melhor, mas não será nessa década. Certamente o que está sendo iniciado nos anos 2000 só apresentará resultados reais em 2030. Será preciso ainda um esforço dos brasileiros preparados para levar o país na direção da liberdade, da estabilidade e da prosperidade.

Terrorismo do Foro de São Paulo precisou da PM e do Exército
Editorial

Terrorismo do Foro de São Paulo em Brasília

O terrorismo em Brasília hoje ocorreu devido ao fato de que o Foro de São Paulo perdeu muito poder nos últimos anos. Paraguai primeiro, depois Argentina e Brasil, assistiram à derrocada da esquerda em seus governos. Brasil e Argentina sempre foram fonte de recursos para os demais governos de esquerda. Ao perder o poder, a esquerda ficou absolutamente desesperada.

Temer, Lula, Aécio, Cunha e Dilma no Ostracismo do Brasil
Editorial

Temer, Aécio, Cunha, Dilma, Lula, PT, PMDB e PSDB no ostracismo

Temer acaba de entrar no Ostracismo do Brasil. Junto com outras presenças ilustres, Michel Temer agora faz parte do seleto grupo de políticos a serem esquecidos. Junto com Cunha, Lula, Dilma, Aécio e os outros todos da lista da Odebrecht. Outras listas devem surgir, e, junto com elas, novas denúncias de corrupção com provas contundentes. O resultado disso será bom para o Brasil.

As ameaças de Lula-Nine à democracia
Editorial

As ameaças de Lula-Nine à democracia

As ameaças que Lula-Nine fez de, se eleito presidente, mandar prender Sérgio Moro e os jornalistas que o criticaram vem carregada de sinceridade. Lula pensa em se impor como um ditador do proletariado, se eleito, já em 2019. Pretende controlar a mídia e a justiça com mão de ferro. Aliás, se ele mesmo vai mandar prender, o que ele quer é exatamente o que sempre quis Mussolini, Stalin e Fidel Castro: implantar uma ditadura do proletariado comunista.

Leia mais em nosso site:

A verdadeira notícia é Lula ainda estar solto
Editorial

A verdadeira notícia é Lula ainda estar solto

Terrorismo na Avenida Paulista. José Dirceu, o cérebro do PT, solto com tornozeleira eletrônica. Marine Le Pen disputa com Macron o segundo turno na França. Trump mostra os músculos e se impõe contra ditaduras socialistas. Todas essas notícias encobrem a verdadeira notícia da qual pouco se fala no Brasil: Lula ainda está solto.