A desmoralização do Ocidente

A desmoralização do Ocidente é como um efeito dominó: ao desmoralizar as primeiras peças, todas as outras caem na sequência.

Desde que a esquerda abandonou a política e dominou outras áreas, o Brasil passou a ser cada vez mais um país imoral. Técnicas de programação neurolinguística, dessensibilização, inversão dos papéis na sociedade, agitação e propaganda vêm ocupando a mente dos brasileiros. Ainda confusos, muitos se surpreenderam com as exposições Queermuseum e O Bicho sendo patrocinadas por grandes atores globais no escancaramento de seus caráteres.

A Organização Criminosa que dominou o Brasil

A organização criminosa que tomou o poder no Brasil

Políticos fisiológicos e ideológicos, como os do PMDB, PP e PT, formaram a maior organização criminosa do mundo aqui no Brasil. Não são de corruptos comuns. Desviam bilhões, guardam milhões em apartamentos e matam os brasileiros de fome, pela violência, pela pobreza, pela falta de higiene, saneamento e educação. São os piores políticos do mundo.

A Bastilha Brasileira

Queda da Bastilha

Com toda certeza, os nobres da Bastilha de hoje que ocupam o poder, em grande parte, vêm se esquecendo do cenário moribundo do país. Cenário este desumano, onde centenas de  milhares de brasileiros estão passando por pesarosos sofrimentos. Políticos que certamente pensam com seus juízos que escaparam impunes da guilhotina. É crível que haverá a hora de acertar as contas com uma Justiça incorruptível.

Bolsonaro: o Trump brasileiro; Dória: o Macron brasileiro; Ciro: a opção da extrema esquerda

Bolsonaro: o Trump brasileiro; Dória: o Macron brasileiro; Ciro: a opção da extrema esquerda

Quando Trump venceu as eleições ano passado, Bolsonaro prontamente entrou em contato e se definiu como o Trump brasileiro. Há paralelos. Ambos têm conquistado fatia considerável da população com um discurso nacionalista contra as ideologias globalistas e comunistas. Ambos têm insistido numa luta intensa contra as políticas marxistas implantadas mundo afora em diversas democracias ocidentais. As semelhanças param por aí.

Marcos Valério e a delação do fim do tucanopetismo

Marcos Valério e o fim do tucanopetismo

A delação mais importante da história não tem vindo de empresários. A delação de Marcelo Odebrecht foi enorme, muita coisa ainda vai ser julgada. Mas foi pouco. As mais bombásticas, até o momento, partiram de pessoas do meio político, como Delcídio do Amaral. Mas nenhuma pode atingir tanto o esquema do tucanopetismo quanto a de Marcos Valério.

Terrorismo do Foro de São Paulo em Brasília

Terrorismo do Foro de São Paulo precisou da PM e do Exército

O terrorismo em Brasília hoje ocorreu devido ao fato de que o Foro de São Paulo perdeu muito poder nos últimos anos. Paraguai primeiro, depois Argentina e Brasil, assistiram à derrocada da esquerda em seus governos. Brasil e Argentina sempre foram fonte de recursos para os demais governos de esquerda. Ao perder o poder, a esquerda ficou absolutamente desesperada.

Libertar o Brasil é espalhar a verdade

Libertar o Brasil é espalhar a verdade

Numa semana que começou com o preparo para o interrogatório do réu Lula e terminou com o maior ciberataque da história da humanidade, o brasileiro acaba nem lembrando de uma data importante da história de nosso país: o dia 13 de maio. O dia da libertação dos escravos.

As ameaças de Lula-Nine à democracia

As ameaças de Lula-Nine à democracia

As ameaças que Lula-Nine fez de, se eleito presidente, mandar prender Sérgio Moro e os jornalistas que o criticaram vem carregada de sinceridade. Lula pensa em se impor como um ditador do proletariado, se eleito, já em 2019. Pretende controlar a mídia e a justiça com mão de ferro. Aliás, se ele mesmo vai mandar prender, o que ele quer é exatamente o que sempre quis Mussolini, Stalin e Fidel Castro: implantar uma ditadura do proletariado comunista.

Leia mais em nosso site: