Não assassinarás: o Brasil é o país mais violento do mundo.
Editorial

Não assassinarás: 60 mil pecados por ano

Os Dez Mandamentos foram revelados por Deus para Moisés no Monte Sinai. O sexto mandamento dizia: “não assassinarás” — e não “não matarás”, pois há uma enorme diferença. Matar é tirar a vida de algo ou alguém, moralmente ou imoralmente, legalmente ou ilegalmente. Já assassinar é tirar a vida de alguém de forma imoral ou ilegal.

George Soros: O homem por trás da subversão do ocidente.
Editorial

George Soros: uma cabeça da hidra vermelha comunista

George Soros é uma das cabeças da hidra comunista. Ele é responsável pelo que você pensa hoje. Os grandes problemas do mundo nas redes sociais hoje é machismo, homofobia, legalização de drogas, desarmamento e “progressismo”. Esses elementos estão sendo usados para que se criem mais leis e mais burocracias estatais para controlar mais um tema.

FHC, Lula e Suplicy, que já dividiram juntos um apartamento em Ubatuba #agitprop
Editorial

#AGITPROP na aula, nas ONGs, na mídia e na cadeia

O agitprop era o termo empregado pela Komintern para aplicar estratégias de teoria crítica e marxismo cultural no ocidente. Na prática consistia em fazer propaganda das ideologias que interessavam na aula, na mídia e nas prisões, criando o cenário perfeito para uma revolução.

A Cocaína Vermelha: Drogando a América e o Ocidente. Livro de Joseph D. Douglass fala sobre a união entre narcotráfico e comunismo.
2016: o poder da verdade nos libertará
O Brasil não saber ler, nem escrever
A verdade sobre o #PLS280NAO que a mídia não quer falar.
Sangue brasileiro vem sendo derramado. Em grande parte, a culpa é de nosso desgoverno, de nossa injustiça e de nosso legislativo autocrático.
Editorial

Sangue brasileiro está sendo derramado

Sangue brasileiro está sendo derramado. Nas filas dos hospitais, no crime, na corrupção que tira o recurso financeiro para a educação que mata pessoas pela simples falta de higiene. Pela cultura de culto à classe política, como se fossem reis-sol os párias que desgovernam. Pela autocracia, disfarçada de democracia.

Defensores de ditadores merecem se destruir.
Extrema esquerda: não esquecemos de vocês.