#LulaPreso: o crime e o castigo

Lula será preso por pouco mais de doze anos. Terá pelo menos meia década de vida na cadeia. O crime? Ter recebido vantagens de empreiteiros por meio de negociatas do governo público. Justo? Muito. Mas há muito mais crime na história da esquerda brasileira do que Lula jamais poderá representar.

Leia Mais
Intervenção no RJ: quem intervirá na ideologia

O fim da possibilidade do cidadão comum possuir uma arma fez com que apenas bandidos e o Estado pudessem se armar. Isso era óbvio. Com o tempo, naturalmente, a origem da bandidagem carioca iria se manifestar. Com ideologia esquerdista grassando nos morros cariocas desde a sua origem, caberá a esse editorial lembrar alguns fatos importantes.

Leia Mais
A desmoralização do Ocidente é como um efeito dominó: ao desmoralizar as primeiras peças, todas as outras caem na sequência.

Desde que a esquerda abandonou a política e dominou outras áreas, o Brasil passou a ser cada vez mais um país imoral. Técnicas de programação neurolinguística, dessensibilização, inversão dos papéis na sociedade, agitação e propaganda vêm ocupando a mente dos brasileiros. Ainda confusos, muitos se surpreenderam com as exposições Queermuseum e O Bicho sendo patrocinadas por grandes atores globais no escancaramento de seus caráteres.

Leia Mais
A organização criminosa que tomou o poder no Brasil

Políticos fisiológicos e ideológicos, como os do PMDB, PP e PT, formaram a maior organização criminosa do mundo aqui no Brasil. Não são de corruptos comuns. Desviam bilhões, guardam milhões em apartamentos e matam os brasileiros de fome, pela violência, pela pobreza, pela falta de higiene, saneamento e educação. São os piores políticos do mundo.

Leia Mais
Bolsonaro: o Trump brasileiro; Dória: o Macron brasileiro; Ciro: a opção da extrema esquerda

Quando Trump venceu as eleições ano passado, Bolsonaro prontamente entrou em contato e se definiu como o Trump brasileiro. Há paralelos. Ambos têm conquistado fatia considerável da população com um discurso nacionalista contra as ideologias globalistas e comunistas. Ambos têm insistido numa luta intensa contra as políticas marxistas implantadas mundo afora em diversas democracias ocidentais. As semelhanças param por aí.

Leia Mais
Marcos Valério e o fim do tucanopetismo

A delação mais importante da história não tem vindo de empresários. A delação de Marcelo Odebrecht foi enorme, muita coisa ainda vai ser julgada. Mas foi pouco. As mais bombásticas, até o momento, partiram de pessoas do meio político, como Delcídio do Amaral. Mas nenhuma pode atingir tanto o esquema do tucanopetismo quanto a de Marcos Valério.

Leia Mais
Lula, o acumulador de provas

Lula é um acumulador de provas. Não são apenas indícios, como querem dizer os esquerdistas. As provas sobre o sítio, sobre o apartamento do Guarujá e outras tantas ainda são poucas. Ainda há diversas outras provas e delatores prontos a dizer a verdade. Restará aos brasileiros conseguir digeri-las.

Leia Mais
Brasília, a ilha da ideologia, da farsa e do totalitarismo

Isolada do povo, Brasília tornou-se uma ilha da ideologia e da corrupção. A prova disso é que, em nossa classe política, quem não está envolvido ideologicamente com um projeto totalitário de poder, está apenas buscando o seu quinhão no meio dos desvios do tesouro nacional. Quanto menos Brasília, melhor.

Leia Mais