Brasil

CONSELHO FEDERAL DA OAB PEDE AFASTAMENTO DE MORO E DEMAIS ENVOLVIDOS NO HACKEAMENTO DOS DADOSDA LAVA JATO

O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil recomendou que os citados nas conversas vazadas e publicadas pelo site The Intercept Brasilpeçam afastamento de seus cargos, em nota divulgada nesta tarde de segunda, 10. “O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e o Colégio de Presidentes de Seccionais, por deliberação unânime, manifestam perplexidade e preocupação com os fatos recentemente noticiados pela mídia, envolvendo procuradores da república e um ex-magistrado, tanto pelo fato de autoridades públicas supostamente terem sido “hackeadas”, com grave risco à segurança institucional, quanto pelo conteúdo das conversas veiculadas, que ameaçam caros alicerces do Estado Democrático de Direito”.

“Não se pode desconsiderar, contudo, a gravidade dos fatos, o que demanda investigação plena, imparcial e isenta, na medida em que estes envolvem membros do Ministério Público Federal, ex-membro do Poder Judiciário e a possível relação de promiscuidade na condução de ações penais no âmbito da operação lava-jato. Este quadro recomenda que os envolvidos peçam afastamento dos cargos públicos que ocupam, especialmente para que as investigações corram sem qualquer suspeita”.

One Reply to “CONSELHO FEDERAL DA OAB PEDE AFASTAMENTO DE MORO E DEMAIS ENVOLVIDOS NO HACKEAMENTO DOS DADOSDA LAVA JATO

  1. A expressão”cara-de-pau” não reflete mais tamanha safadeza e hipocrisia desses caras!
    A OAB é uma vergonha que precisa ser imediatamente combatida!

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.