Brasil

O COMUNISTA PAULO HENRIQUE AMORIM FOI DEFENESTRADO DO DOMINGO ESPETACULAR APÓS DIZER QUE SÉRGIO MORO É UM ANALFABETO

Sob nova direção, o Domingo Espetacular vai ganhar mais um nome em seu já congestionado elenco de apresentadores. O repórter especial Eduardo Ribeiro passará a ser âncora do dominical, que já tem Paulo Henrique Amorim, Janine Borba, Thalita Oliveira e Patrícia Costa. Amorim continua na revista eletrônica, mas Ribeiro deverá substituí-lo definitivamente em até dois anos e meio.

A ida de Ribeiro para o Domingo Espetacular já está sacramentada. Nos próximos dias, Antonio Guerreiro, novo vice-presidente de Jornalismo, deve definir quando será a estreia de Ribeiro como apresentador fixo da atração, que dura quase quatro horas.

Criado em 2004 para ser uma versão da Record para o Fantástico da Globo, o Domingo Espetacular sempre teve três apresentadores. Desde 2017, com a chegada de Patrícia Costa, passou a ter quatro. Agora serão cinco.

Nos bastidores da Record, a promoção de Eduardo Ribeiro é vista como uma movimentação para um um futuro afastamento de Paulo Henrique Amorim. Quando vencer seu contrato, em 2021, o jornalista já estará perto dos 80 anos –acabou de completar 77.

Se uma das partes optar por não renovar o contrato, o que é muito provável, o Domingo Espetacular não sofrerá muito impacto, uma vez que já terá nova “cara”, a de Edu Ribeiro, sempre apontado como futuro apresentador do Jornal da Record, onde dá plantão na bancada com frequência.

Veja aqui o vídeo onde ele atacou Sérgio Moro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.