Brasil

DE BRUMADINHO A ISRAEL, DA CORRUPÇÃO AO ANTISSEMITISMO: CRIMES SEM CASTIGO?

DE BRUMADINHO A ISRAEL, DA CORRUPÇÃO AO ANTISSEMITISMO: CRIMES SEM CASTIGO?

ELES SALIVAM COMO CÃES, PEDINDO OS NOSSOS OSSOS. “Ah. não, Israel nãoooo..”, DIZEM AQUELES BARRIGUDOS DE CHOPP, QUE NÃO LEVANTAM O TRASEIRO GORDO DA CADEIRA PRA AJUDAR NINGUÉM.

Bem… então a corrupção continuou após Mariana. A tragédia de Brumadinho é crime ambiental, cuja impunidade tende a ser agravada por um Secretário de Meio Ambiente, que “reduziu os critérios de risco de barragens”. Afora, a D. Dilma, que mesmo sendo ateísta, assinou um decreto, para tornar em “ato de Deus” um colapso de barragem. E as normas de Compliance Empresarial não deram conta (ou não foram aplicadas??) na Vale. Mas, hei… se a Vale estava “dentro” das normas legais, então, não dá pra condená-los, certo? Nullum crimen nulla poena sine lege. Só dá pra ficar “consternado” pelas vítimas… Mas, ok, “não é hora de apontar dedos e de procurar culpados”. Bacana!

Os amigos radicais do PT, que foram beneficiados com bilhões do BNDES, não nos deram condolências. E NINGUÉM ACHOU ISSO, PELO MENOS, UMA “GAFE SOCIAL”? Ninguém se ofendeu, não? Ahhhhh….. Mas é que as vítimas não valiam a pena… não eram irmãos humanos … 
Eram “só Eleitores do Coiso”.

Cadê os terroristas islâmicos do Hezbollah, que hoje são um partido político, graças à “pressão internacional esquerdopaticamente alinhada”? Ah, sim, estão muito ocupados assassinando Venezuelanos e ajudando Nicolás Maduro a “resistir”, entre almoços-ostentação em Istambul, “com algumas autoridades”. Engraçado que quando Jair Bolsonaro gasta 30 francos pra comer no bandejão da franquia Suíça, dizem que ele é o “coitado sem amigos, da cafeteria da escola”. Mas dá pra entender, afinal, dizia o Lula que o certo era gastar 20 mil reais (do $ público) por dia, nas diárias de Davos, porque “eles querem que a gente seja ‘pobre’pra sempre”?

Já que os amigos do PT não vieram pra nos ajudar, os Israelenses considerados LIXO PELA ESQUERDOPATIA, eles, sim, enviaram uma força-tarefa humanitária, composta de quase 150 pessoas dos mais capacitados, tecnologia de ponta. E tudo pelo bem. Porque, pra você que ainda não sabe, Israel é a ÚNICA DEMOCRACIA DO ORIENTE MÉDIO, onde a liberdade de expressão alcança a todas as religiões, às paradas LGBT, ao livre comércio, à evolução ética e industrial. E quando os terroristas explodem israelenses, AS AMBULÂNCIAS ATENDEM PRIMEIRO AOS PALESTINOS E CIA, porque a dignidade humana e o direito à vida são preceitos da religião judaica, aplicados de maneira prática de uma maneira sem precedentes no mundo.

“Ah. não, Israel nãoooo..”, DIZEM AQUELES BARRIGUDOS DE CHOPP, QUE NÃO LEVANTAM O TRASEIRO GORDO DA CADEIRA PRA AJUDAR NINGUÉM.

“Israel está aqui para TOMAR A VENEZUELA (frase do Senador Roberto Requião de Melo e Silva)”, “Israel é DONO DA VALE S/A, DO CRISTO REDENTOR E DE FOZ DO IGUAÇU (frase de um médico de Curitiba, SUPOSTAMENTE esclarecido, mas que não faz ideia de que a Vale é uma Sociedade Anônima, Jesus era judeu, e que a tríplice fronteira é de absoluta predominância árabe… tenho medo de perguntar onde ele estudou!)”.

Esqueçam de falar das vítimas e dos responsáveis corporativos. O tema suculento agora é outro.
Esqueça o antissemitismo “velado”, o oculto foi revelado, BEM-VINDOS À NOVA ERA DO VERDADEIRO FASCISMO NO BRASIL, EM QUE O SEU VIZINHO, SE PUDESSE, ENTREGARIA UM JUDEU PARA AS AUTORIDADES.

Os bonachões não moveram uma palha, um mísero post pra pedir doações para Brumadinho. Eles se deliciam, como demônios dantescos, em ver os corpos dos “eleitores do coiso” debaixo da lama. E SALIVAM COMO CÃES, PEDINDO OS NOSSOS OSSOS. 
Movem seus dedos EM CELULARES DE TECNOLOGIA ISRAELENSE, USANDO A BANDA LARGA DE TECNOLOGIA ISRAELI, para pedir boicote a Israel e enaltecer o execrável Roger Waters.

Agora, você consegue entender por quê o nazi-fascismo é coisa da esquerda? Começa a fazer sentido a nossa indignação ao ouvir Ciro Gomes xingando Jair Bolsonaro de nazista? De uma vez por todas: NAZISMO É UMA PALAVRA QUE NÃO COMPORTA USO COM “LICENÇA POÉTICA”.

Ana Cecília David Parodi, advogada, cidadã, muitas vezes vítima de antissemitismo ao longo da vida, mas uma eterna otimista, sempre acreditando no melhor do ser humano.

Deixe o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.