Bolsonaro promete realizar controle rígido de despesas

O presidente eleito Jair Bolsonaro prometeu, em mensagem publicada no Twitter na manhã desta quarta-feira, realizar um controle rígido de concessões em seu governo, afirmando haver desperdício de recursos públicos.

“Em 2019 iniciaremos rígido controle de concessões. Há claro desperdício rotineiro de recursos, que podem ser aplicados em áreas essenciais”, disse o presidente eleito na publicação.

Ao exemplificar o que considera desperdício de recursos, Bolsonaro citou a liberação de R$ 7,3 milhões para 21 entidades por meio da Lei Rouanet, “num só dia” por um funcionário da área sociocultural de Furnas, maior subsidiária da estatal Eletrobras.

O presidente eleito não apresentou, no entanto, qualquer indício de irregularidade na liberação desses recursos.

Deixe uma resposta