Família e Valores, onde vamos parar?

Infelizmente a sociedade está evoluindo.

Evoluindo para pior e trazendo o caos para si próprio.

Com suas atitudes impensadas, ou mal pensadas, ou até pensadas para o mal mesmo.

A sociedade se degrada, se degenera e ainda há quem defenda esse caos.

A sociedade se esquece e deixa de lado os valores da família e família perdeu tanto seus valores que até o “Bença vó” é olhado torto por muitos, muitas vezes até com olhares de desaprovação.

Levar os filhos até a entrada da escola já é tarefa para poucos, pois, oque antigamente era sinal de orgulho para os pais e filhos irem juntos até a porta da escola, hoje é visto como motivo de chacota para com a criança que o pai ouse acompanhar.

A sociedade se destrói pelo ego de alguns em querer implantar falsidades e manipulações em muitos para que poucos fiquem com tudo, desde a liberdade até o dinheiro.

No fim vê-se a real! Retira-se os valores humanos, deturpa-se os valores da família, criminaliza-se o bom e o justo e coloca-se o mal e o bandido como simples vítimas dessa mesma sociedade.

E para que esse caos instalado, para que essa total inversão de valores?

Onde o policial vai preso cumprir sua mais simples função e o bandido sai sorrindo pela porta da frente amparado e adulado pela ação de custódia e pelo judiciário tomado pelos direitos dos manos (ou dito humanos)?

A resposta é simples para essa pergunta e se traduz no poder pelo poder e o dinheiro pelo poder. Devendo ser esse poder e o dinheiro concentrado nas mãos de poucos, assim pode-se fazer desse caos criado sua desculpa para dar o mínimo e ainda se sair como o grande salvador.

Comunismo, socialismo ou autoritarismo, podem escolher qualquer um desses 3 nomes, pois os 3 convergem para o mesmo ponto, que é o caos total descrito acima.

Enquanto o povo dorme ou crê que seu espaço está preservado e se fecha em seu mundinho os detentores do poder que o ganharam pelo poder do dinheiro irão adentrar em seus espaços e sem que se perceba se tornará o salvador, o mesmo que quebrou sua perna, mas o manipulou para que acredite que a sua real ação foi dár-lhe a muleta para que consigas andar.

Tudo começa na família, ou a família retoma seus valores, começando pelos mais simples “Bênção vó e vô” e “Bênção papai e mamãe” ou de nada adiantará se tentar qualquer outra mudança.

Deixe uma resposta