É melhor não parar na frente que o povo vai atropelar

O novo Brasil vai atropelar quem obstruir o caminho da Lava Jato

Ai do ministro que ceder à tentação de barrar o avanço da ofensiva contra a corrupção

Pouco importa o nome do próximo relator dos casos da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, cujas atribuições incluem a homologação dos acordos de delação premiada. A ofensiva contra a corrupção sempre esteve acima dos humores e opiniões de Teori Zavascki. Da mesma forma, não estará subordinada aos impulsos e vontades da toga encarregada de substituir o ministro morto.

A operação que ontem decretou a prisão de Eike Batista e outros vigaristas sempre dependeu do apoio militante dos milhões de brasileiros decentes, todos fartos de ladroagem, cinismo e impunidade. Ai do ministro que ceder à tentação de obstruir a dedetização dos porões do país. Será varrido pela nação do país decidido a castigar exemplarmente a trupe de farsantes liderada por Lula.

Ninguém mais segura a Lava Jato. Palavra do novo Brasil.

Deixe uma resposta