George Soros: uma cabeça da hidra vermelha comunista

George Soros: O homem por trás da subversão do ocidente.

EDITORIAL

George Soros é uma das cabeças da hidra comunista. Ele é responsável pelo que você pensa hoje.

Os grandes problemas do mundo nas redes sociais hoje é machismo, homofobia, legalização de drogas, desarmamento e “progressismo”. Esses elementos estão sendo usados para que se criem mais leis e mais burocracias estatais para controlar mais um tema.

George Soros vende a imagem de ser um bilionário caridoso, fraterno. Na verdade controla ONGs como Mídia Ninja, no Brasil, e MoveOn nos Estados Unidos. Está por trás pela criação de grupos, como o Black Lives Matter. E perdeu muito com a eleição de Trump no lugar da Hillary, com o impeachment da Dilma, com a Lava Jato, com o Wikileaks e com muitos outros.

Já é possível prever que a influência de Soros deve diminuir. Ele mesmo sendo apenas um agente do grande esquema do movimento comunista global. Ele é só mais uma das cabeças da hidra. Se uma cabeça cai, as outras sobrevivem. É difícil matar a serpente de mil cabeças.

George Soros se diz do bem

Após ter errado a previsão sobre as eleições americanas, Soros não tem falado muito. Ele se acha importante e “do bem”, como sói acontecer com os socialistas que não se curam desse estranho vício.

Se dizer do bem é orgulho e vaidade. Todos temos de reconhecer que temos arestas a serem aparadas. Não há pedra polida perfeita. O trabalho é constante. É preciso trabalhar na pedra continuamente. E ainda assim haverá imperfeições.

As imperfeições são compensadas com o cimento, que iguala e cola as pedras e as deixa alinhadas para uma construção. Ou seja, é a fraternidade, a união das pessoas, que harmoniza as imperfeições que todos nós temos, possibilitando um conhecimento moral de que ninguém é perfeito, mas muitos estão buscando a perfeição, enquanto outros estão perdidos.

Buscar a perfeição é trabalho para os humildes. Não há soberbos por aí trabalhando para melhorar a si mesmos. Os soberbos são os que se dizem perfeitos, sem que ninguém de fora tenha concordado.

É preciso começarmos a detectar esse padrão de comportamento. O PT e a esquerda sempre fizeram propaganda populista nos países onde governaram. Os Estados Unidos está entendendo agora o populismo de Obama. Sob Trump, entenderão o quanto andaram sendo enganados.

George Soros é o maior responsável por notícias falsas

O Facebook anunciou esta semana que está subindo uma plataforma para permitir a validação de notícias falsas. Para isso vão usar dados de um ONG. Essa ONG é financiada por George Soros.

Hoje mesmo houve notícias falsas espalhadas pelo portal Buzzfeed sobre Trump. Tudo com o objetivo de descaracterizar o presidente eleito. Numa tentativa de “terceiro turno”, George Soros sabe que pode dar essa cartada.

O objetivo de criar isso é poder colocar o Infowars e o Breitbart no rol de portais que espalham notícias falsas. Porém ainda não vimos ninguém dizer que o Wikileaks é notícia falsa. Porque não é.

Trump felizmente dá uma resposta à altura. Veja o vídeo:

George Soros é um dos arquitetos da doutrinação na educação, que levou aos black blocs e às manifestações violentas em várias partes do mundo

Manifestações violentas que ocorrem no Brasil desde 2013 foram arquitetadas por esse líder da esquerda globalista. Elas têm o mesmo perfil no mundo todo, com vândalos quebrando vidros de fachadas de lojas e prédios. Tudo para poder enfraquecer um país.

Soros está aí tem bastante tempo. Húngaro, viveu o regime nazista, viu o regime comunista da Alemanha Oriental e desde então se deixou seduzir pelo socialismo.

Provável membro secreto da Komintern que hoje tem muitos nomes, Soros também influencia a pauta de educação no ocidente. São suas ONGs que promovem ideologia de gênero. Eles também exportam o “socio-construtivismo” de Paulo Freire para outros países, levando ignorância brasileira para fora.

São pautas que todos nós já conhecemos. Elas são importadas de fora e trazidas para cá num grande plano de subversão do ocidente. O objetivo, naturalmente, é destruir os estados-nação do mundo e dominar territórios formando um governo global.

Por isso o brasileiro anda tão abobado.

 

George Soros é o orquestrador da falsa divisão entre PT e PSDB

Na verdade FHC é só uma marionete de Soros. Assim como Hillary. Soros acreditar ter sido destinado a ser o homem mais poderoso do mundo, influenciando toda a esquerda global. No Brasil, a infiltração da influência de Soros surgiu no governo FHC, quando muito do Brasil foi entregue a ONGs controladas pelo bilionário húngaro.

Então tudo o que se pensa no Brasil hoje é uma decisão de George Soros. Quando algo destoa, como o portal do Avança Brasil, o Breitbart ou o Infowars, a tendência é que a mídia toda controlada por Soros comece a atacar esses portais.

O site do Avança Brasil não é diferente. Ele é sempre atacado, de tempos em tempos, por hackers que enviam seus ataques dos Estados Unidos, do Canadá, da Inglaterra e de outros países. São ataques com a intenção de derrubar o nosso site, que tem recebido muitas visitas e incomodado a esquerda globalista lusófona.

Agradecemos a confiança do povo, pois estamos aqui buscando falar a verdade. Temos fé de que seremos recompensados, já que maçons devem ser buscadores da verdade dentro de um contexto histórico. E o nosso atual contexto ainda não é totalmente conhecido pelo povo brasileiro.

Conhecendo George Soros, conheceremos as estratégias globalistas da esquerda

Acompanhando o que fazem essas ONGs financiadas por Soros, podemos entender o que ele pensa. No Brasil é relativamente fácil: basta visitar o portal Mídia Ninja ou o portal Catraca Livre para ver ali o conteúdo que é espalhado por esse grupo da subversão, especializado em agitação e propaganda.

Entender como ele pensa, portanto, não é difícil. Basta perguntar para qualquer aluno de humanidades das universidades federais do Brasil o que eles pensam e você terá a resposta. O que eles fazem ecoa da boca dos jovens como se fosse um refrão de uma música bem conhecida.

Esse podcast do Flávio Morgenstern explica com clareza qual é o papel do George Soros em nossas vidas. Não é pouca coisa.

Esses projetos globalistas, portanto, querem diminuir a importância dos indivíduos. E acreditam que podem transformar em marionetes cada um de nós.  Porém, nós não seremos marionetes. Seremos livres. E a liberdade será nossa, ainda que tardia.

3 Replies to “George Soros: uma cabeça da hidra vermelha comunista”

  1. Juliana Torres says: Responder

    Não tem sequer 1 referência, evidência ou indício no texto inteiro… apenas opiniões e suposições.

    1. Há fartas evidências. Veja muitas delas nesse link, inclusive a que prova o investimento de Soros no Midia Ninja. E veja os vídeos. Eles apontam para farta evidência. Lembrando também que editorial é um texto opinativo. http://soros.dcleaks.com

  2. […] e seus agentes secretos treinados em países comunistas seguirão com a estratégia criada por George Soros para desestabilizar o país. O que vimos em Brasília na semana passada foi um ensaio para o que virá pela […]

Deixe uma resposta