Stalin Matou pouco…

A esquerda revelada! 

A Associação Brasileira de Ciência Política divulgou hoje nota se solidarizando com os professores da UFPE que foram agredidos por alunos após término da reunião do Conselho Coordenador de Ensino, Pesquisa e Extensão da universidade, no dia 23 de dezembro.

Também condenou a ação de alunos que quebraram salas e picharam paredes da universidade. Os atos de vandalismo foram verificados após dois meses de ocupação dos estudantes.

Na sala do professor de filosofia Rodrigo Jungmann, crítico da esquerda, uma das inscrições encontrada foi: “Stalin matou pouco”.

Numa conta por baixo, segundo o historiador Robert Conquest, o ditador teria matado 15 milhões. O mais provável, porém, é que o regime de Stalin tenha matado 20 milhões de pessoas.  

O professor registrou ocorrência na delegacia.

Deixe uma resposta