Veja 10 perguntas e respostas sobre o saque do FGTS!

O Presidente Michel Temer anunciou nesta quinta-feira (22) a liberação do saque de contas inativas do FGTS

O objetivo é injetar R$ 30 bilhões na economia, de acordo com a equipe econômica do presidente Michel Temer.

Cerca de 10 milhões de trabalhadores serão beneficiados pela medida, de acordo com estimativas do Planalto.

O governo havia cogitado permitir o saque apenas para pagamento de dívidas, mas voltou atrás. Os trabalhadores com direito a retirar os recursos poderão usá-los para qualquer finalidade.

Veja abaixo dez perguntas e respostas sobre a medida.

1 – Quem pode sacar?
Trabalhadores que tenham contas inativas do FGTS até 31 de dezembro de 2015.

2 – O que é uma conta inativa?
São as contas vinculadas a empregos com carteira assinada cujo contrato já tenha sido encerrado e, por isso, não recebem mais depósitos.

3 – É possível ter mais de uma conta inativa?
Sim, cada emprego com carteira assinada corresponde a uma conta diferente. Assim, quem já passou por mais de um emprego cujo contrato tenha terminado terá mais de uma conta inativa.

4 – Quem pediu demissão também pode sacar?
Sim, o trabalhador poderá sacar o dinheiro depositado em qualquer conta inativa em 31 de dezembro de 2015, independentemente da razão de encerramento do contrato.

5 – Quem não pode sacar?
Não será possível sacar o dinheiro de contas que tenham ficado inativas após 31 de dezembro de 2015. Quem tiver sido demitido com justa causa ou pedido demissão em 2016, por exemplo, não poderá retirar os recursos correspondentes a esses contratos.

6 – Posso sacar o FGTS do meu emprego atual?
Não, contas que estejam ativas –ou seja, recebendo depósitos atualmente– não poderão ter o dinheiro sacado.

7 – Como consultar o saldo das contas inativas do FGTS?
No site da Caixa, qualquer pessoa pode consultar o saldo e o extrato das contas do FGTS. Basta informar o número do PIS e senha. Quem não tiver uma senha, pode cadastrá-la na hora. Outra opção é o aplicativo FGTS, disponível para Android, iOS e Windows Phone. Terminais de autoatendimento e agências da Caixa também fornecem a informação, mesmo para quem não é cliente do banco.

8 – É possível não ter nenhum dinheiro na conta inativa?
Sim. Quem já usou o fundo para financiamento imobiliário, por exemplo, gastou os recursos. De acordo com o governo, a maioria das contas tem um saldo inferior a um salário mínimo.

9 – O dinheiro pode ser sacado agora?
Não. O governo afirmou que divulgará em fevereiro do ano que vem um calendário com a definição das datas em que os trabalhadores poderão sacar os recursos ao longo do ano. O critério adotado deve ser a data de nascimento, de acordo com o ministério do Planejamento.

10 – Há um limite para o saque?
Não há um limite: se quiser, o trabalhador pode sacar todo o dinheiro depositado em uma conta inativa, e de todas as contas inativas que tiver (desde que inativas em 31 de dezembro de 2015). Quem sacar também poderá utilizar o dinheiro para qualquer finalidade, e não apenas para pagar dívidas, como havia sido cogitado anteriormente.

Fonte: Folha de São Paulo

3 Replies to “Veja 10 perguntas e respostas sobre o saque do FGTS!”

  1. Eu trabalho em uma empresa no qual teve a mudança de CNPJ, onde que meu FGTS da primeira conta já esta inativa desde 2014, sendo assim posso fazer o saque do FGTS desta conta inativa?

    1. O saldo das contas inativas pode ser verificado no site da Caixa. Mais informações – http://www.caixa.gov.br/beneficios-trabalhador/fgts/contas-inativas/Paginas/default.aspx

  2. Regiane Torres says: Responder

    Eu trabalhei em uma empresa no ano de 2010, fui mandada embora e recebi o fgts, mas a empresa continuou a depositar na conta os atrasado e a conta encontra ativa, eu tenho direito de sacar o saldo referente a esse contrato?

Deixe uma resposta