Esquerda na cadeia

Presídio em Ilha Grande foi o lugar onde a esquerda na cadeia se encontrou com bandidos e fundaram o Comando Vermelho, primeira organização criminosa voltada ao narcocomunismo e a conquista de territórios em favelas.

EDITORIAL

A realidade da história da esquerda no Brasil é que a esquerda tem esquentado os colchões das celas da cadeia no século 20 e no 21. A história do comunismo no Brasil, no entanto, não será esquecida na segunda metade do século 21. Nesse período, o brasileiro lembrará de como se arriscou com uma ideologia radical sem aprender nada sobre o nazismo nas escolas e sem conhecer o que era, de verdade, o comunismo.

Como o Brasil jamais sofreu o que o povo do leste europeu, da África, do Oriente Médio e da Ásia vem sofrendo com o socialismo/comunismo, é natural que os comunistas tentem uma tática diferente nos países ocidentais.

A tática brasileira já variou muito. Foi da tentativa de golpe em 1935 até a projeção de líderes de esquerda “democratas” populistas eleitos pelo voto. A esquerda vem acertando desde a eleição de Getúlio Vargas. Ele mesmo, com medo de sofrer um golpe e querendo dar um golpe, acabou desistindo dos dois caminhos. Com isso ele adiou o golpe de 64 e abriu espaço para outros de esquerda entrarem no lugar dele.

Foi o que aconteceu. O Brasil só elegeu populistas de esquerda até Jânio Quadros. Esse também pensou que sofreria um golpe e resolveu renunciar. Mas nesse caso, o golpe talvez  viesse do próprio vice, um comunista que, como todos os outros gaúchos de São Borja como Brizola, Getúlio e Jango, eram afeitos ao golpe. O golpe comunista. Foi o que fez João Goulart.

A esquerda tem ido para a cadeia desde sempre

Getúlio, outro presidente de esquerda, mas mais alinhado ao fascismo, mandou Olga, espiã russa e comunista, para os nazistas por ser judia. Percebam que, na mesma frase que fala sobre um evento histórico, estamos falando sobre o relacionamento entre fascistas, nazistas e comunistas. Aliás, para os radicais, não existe outro caminho. Ou você é comunista ou é fascista ou é nazista. Na cabeça desses autocratas não existe a menor possibilidade de você ser um democrata.

Porque democracia para eles é um golpe. Um golpe na ideologia de todos esses três, que defendem tudo, menos democracia. Golpe para eles é as pessoas na rua voluntariamente, sem violência, passando o recado do que desejam e ocupando espaços.

Mas por que a esquerda consegue chegar ao poder? Porque essa ideologia admite a obtenção de votos e do poder de forma tradicional. O que não admitem é sair do poder depois de instalados. Assim que entram, já começam a tramar para que não haja possibilidade de adversários vencerem eleições. Fazem isso de muitas maneiras. Agitação e propaganda é o que eles preferem.

Em todos os países em que a esquerda chega ao poder, ela começa a comprar os opositores. Isso não é exclusividade do Brasil. Esse plano, de calar com dinheiro a oposição mais fraca, é uma forma terrível de desviar a finalidade do dinheiro de pagadores de impostos.

A esquerda comete crimes deliberadamente em nome de um projeto de poder

A esquerda comete crimes seletos. São crimes específicos, idealizados em reuniões fechadas do círculo interno de socialistas que ninguém conhece. Os maiores estrategistas do comunismo não aparecem. Esses são os ávidos leitores dos grandes ideólogos da tirania de nossa história.

Não pense, portanto, que estão prendendo os reais chefes disso tudo. Muita gente pensava que era Palocci o grande chefe do esquema financeiro. Não é. Outros pensam que é Lula. Jamais. Tem alguns que acreditam que Lula é o mestre e Dilma é o seu fantoche. Pode até ser, mas existe um Mestre mexendo e arquitetando o destino do movimento comunista.

Essa pessoa é Fernando Henrique Cardoso. Esse sim o grande gênio intelectual de todos os esquemas. O inventor do PT e do PSDB. O sabedor de como construir um socialismo do século 21 na base de políticas estratégicas. FHC não vê a hora de chegar ao poder para descriminalizar a maconha. E o PT trabalha pelo Fora Temer para eleger FHC.

Duvida? FHC transcende a disputa PSDB e PT. Está acima dela. Se ele quiser, cria um partido novo, igual Marina Silva, e se elege presidente amanhã. Pois soube se posicionar como uma falsa oposição ao PT. Enquanto o PT ia cada vez mais à esquerda, FHC adorava, internamente. Mas se posicionava de forma crítica.

Porém, se você prestar atenção nas declarações dele, vai notar que as críticas dele ao PT é porque ele queria o PT como um partido moralista. Porque esse era o desenho dele. Tornar o PT e o PSDB os únicos partidos “morais” e manter uma elite comunista no controle da nação.

Lula jamais teria a capacidade de tecer esse plano. Apenas alguém com o nível intelectual de FHC poderia traçar tão perfeita estratégia para iludir o povo brasileiro na existência de uma democracia. Tudo facilitado, é claro, pela constituição de 88, que permite a um tirano ocupar todos os poderes e só responder a si mesmo.

Esquerda na cadeia significa Lula na cadeia?

A resposta é não. Esquerda na cadeia significa todos na cadeia, incluindo a esquerda menchevique com a bolchevique. Porque todos os esquemas de corrupção da era Lula e Dilma foram também usados por FHC. FHC apenas foi muito melhor em fazer as coisas de forma mais discreta.

Porque o grande arquiteto da tomada de Brasília, cidade projetada por outro comunista de alto calibre, certamente tem problemas por aí associados à corrupção de seu governo. Um dos casos sabidos foi na época da reeleição aprovada pela Câmara e pelo Senado. Certamente existe a possibilidade da Odebrecht saber muitas coisas dessa época.

Seria importante para a nossa história que o populismo de esquerda fosse punido. Porque essas pessoas tramaram uma forma de ficar no poder por três décadas. E acreditam que podem fazer o que quiserem ainda, por mais que se descubram coisas sobre elas.

Portanto Lula na cadeia jamais será solução para problema algum. É necessário cortar, sim, as cabeças do projeto comunista do Brasil. É necessário, sim, saber o que Dilma fez no passado com o dinheiro que tinha. É preciso saber o que Lula fez com os desvios todos. Não está claro se é só sítio em Atibaia e triplex. Muito ainda será descoberto da hipocrisia desses políticos.

Se pisar fora do Brasil, Lula vai preso. E os demais deveriam renunciar logo

Tenebrosa a situação de Lula e Dilma. Diminuiu a lista de países para o qual podem fugir e pedir asilo. A Interpol está atrás deles por motivos óbvios. Lula está preso no próprio país.

Presídio em Ilha Grande foi o lugar onde a esquerda na cadeia se encontrou com bandidos e fundaram o Comando Vermelho, primeira organização criminosa voltada ao narcocomunismo e a conquista de territórios em favelas.
Presídio em Ilha Grande foi o lugar onde a esquerda na cadeia se encontrou com bandidos. Juntos fundaram o Comando Vermelho, primeira organização criminosa voltada ao narcocomunismo e à conquista de territórios em favelas do Rio de Janeiro.

Por aqui, Valisney, Sérgio Moro e outros juízes estão fazendo operações estratégicas para o Brasil. Reduzir a impunidade, devolver o dinheiro de pagadores de impostos para as contas públicas e possibilitar que outros também sejam presos é o que importa. Todos têm que ser punidos pelos crimes. Óbvio que uns mais, outros menos. Mas se precisam cumprir pena, sugerimos aos políticos que renunciem logo.

A maioria desses políticos são de esquerda. Outros fingem ser de direita e se aliam à esquerda na maior cara de pau. Presume-se que mereçam todos esses buscar o caminho que o destino já os reserva: o purgatório da prisão.

Porque não adianta perder o nosso tempo mais. Vocês vão cair no ostracismo. Melhor que se recolham vocês mesmos às suas insignificâncias e cumpram as penas que lhes cabem.

Tenham coragem.

 

One Reply to “Esquerda na cadeia”

  1. Aldo Henrique Wassermann says: Responder

    Eu quero um Brasil justo e perfeito.

Deixe uma resposta