Fidel Castro foi um brutal ditador

Fidel Castro, um brutal ditador.

EDITORIAL

Fidel Castro foi um brutal ditador, mas você não ouvirá nada disso se estuda em escola ou universidade pública em cursos de humanas, como bem lembrou Miguel Nagib em sua palestra no Painel Avança Brasil.

O editorialista do Avança Brasil conversou hoje com um irmão maçom refugiado Cubano. Tentou ir a Miami. Estava quase conseguindo, quando acabou no Brasil. Aqui pediu asilo político e ganhou. Pretende ficar no país.

Ele é maçom da Grande Loja de Cuba. Contou para nós os segredos mais terríveis do comunismo cubano. Eles controlam tudo. Você não tem acesso à internet e, quando tem, é caro e não consegue fazer nada. É tudo controlado pelo governo. Se você manda uma foto por e-mail, aparece no e-mail que a foto foi verificada pelo governo.

Fidel Castro foi um brutal ditador.

Fidel Castro foi um brutal ditador e controla bem os maçons cubanos

A Grande Loja de Cuba é reconhecida pela Grande Loja Unida da Inglaterra. Os maçons cubanos, a maioria deles, detesta Fidel Castro. Porém há os infiltrados, de forma que eles podem estudar tudo o que a Ordem ensina, mas não podem aplicar isso na vida real.

As lojas são controladas. É preciso enviar carta para o governo avisando que vão funcionar. Se não enviar, a loja não terá permissão para trabalhar. O governo pode, às vezes, negar que a loja funcione. Não há refeições nas lojas.

Nos mercados, falta de tudo. Se um cubano quer comer macarrão, ele pode ir ao mercado, que pertence aos comunistas, e encontrar o macarrão, mas não encontrar molho. E assim o sonho de consumo vai por água abaixo.

Cuba tem duas moedas. Uma para estrangeiros (CUC) e outra para cubanos (CUP). O CUC equivale sempre a 1 dólar. Já 25 CUP equivalem a 1 dólar. Os cubanos só podem usar o CUP. Os turistas só podem usar o CUC. Esse sistema faz com que os cubanos que têm acesso a poucos CUC possam ter uma vida mais confortável. Os demais sofrem.

O irmão maçom em que estão deixou a ilha porque, sendo músico, queria ter a permissão para tocar a sua música nos bares, nas casas noturnas. Porém, o governo só permitia que ele atuasse em escolas de música. Insatisfeito com a sua situação, resolveu se arriscar e colocar o pé no mundo. Vendeu suas coisas e partiu para rumo à liberdade.

Acabou no Brasil.

Fidel Castro foi um brutal ditador, mas tem gente que ignora

É triste a situação do ensino brasileiro. Tem professor ensinando por aí que Fidel Castro é um ser humano maravilhoso. Um semideus terreno.

Porém é preciso que se diga a verdade. Ela sempre prevalecerá.

Fidel Castro foi um brutal ditador. Lula foi um brutal corrupto. Karl Marx foi um brutal filósofo. E o comunismo é uma brutal ideologia.

Que o exemplo e a história desse maçom corajoso que fugiu do inferno escravagista de Cuba possa servir de exemplo e alerta para o Brasil. Entender essas histórias reais vale muito mais do que mil horas de aula de história com sindicalistas disfarçados de professores.

É brutal a ideologia de extrema esquerda nas escolas

O brutal ditador criou uma escola comunista de alta qualidade. Ao menos é isso o que se propagandeia no Brasil, nas escolas daqui. O Brasil é uma lástima em educação. E Cuba está longe de ser essa maravilha que se vende por aqui.

Lá os cubanos nem acesso à internet tem para tentar fazer um curso online que seja. Não dá para dizer que são atualizados. Não são. Estudam o passado e só material do governo, cheio de propaganda doutrinária.

A ideologia de extrema esquerda no Brasil precisa mudar. O Brasil precisa ensinar o que ocorre em Cuba de verdade. Os alunos precisam entender a realidade: comunismo é uma ideologia violenta. Conviver com essas pessoas é alimentar o ódio, que leva ao assassinato em massa por parte do governo.

As escolas não são lugar para um brutal proselitismo ideológico

É preciso ter consciência de que ideologias que dizem ser do amor, mas que possuem discursos de ódio, precisam ser combatidas. São as trevas de sempre, disfarçadas de luz usando a ilusão de espelhos.

Já ideias que alimentam a igualdade e a fraternidade, princípios da liberdade cristã, essas precisam ser mais bem enaltecidas nas escolas.

Ainda não possuem a devida notoriedade, mas isso vem aumentando de forma consistente nas escolas. Nem mesmo a retroalimentação de professores de esquerda vem sendo capaz de combater a liberdade da internet.

Ainda bem. É por meio da liberdade da internet que estamos aprendendo o que os professores têm feito nas escolas. E não é nada bom. Eles estão expostos. Agora pode ser tarde para impedir que as pessoas busquem a verdade. A verdade é transparente. E ela não hesitará em mostrar-se por inteiro, por mais feia que seja. A verdade é o que nos libertará.

Assista o vídeo abaixo e entenda a verdade sobre o que os seus filhos estão aprendendo nas escolas. Talvez você comece a entender muitas coisas, se o fizer.

 

Deixe uma resposta