Movimentos se reúnem com o governo

​Um encontro pelo Brasil – Reforma Econômica tem apoio dos Movimentos Democráticos.



Líderes de Movimentos representando todos os estados estiveram com o Ministro Moreira Franco  para manifestar seu apoio às reformas econômicas que o Brasil precisa e cobrar celeridade na sua aprovação.

Não se trata de um cheque em branco para o governo mas um respaldo para o que for bom para o país.
“Nosso compromisso será sempre com o Brasil”, disse Nilton Caccáos Jr, Porta-voz do Avança Brasil Maçons.



Os movimentos se mantém vigilantes e críticos, prontos para defender as vozes das ruas e os interesses do Brasil. 
“O apoio não é ao governo, mas às pautas urgentes para tirar o Brasil do vermelho”, Carla Zambelli, líder do NasRuas.



Uma carta assinada por representantes de todo país e pela jornalista Joice Hasselmann, porta-voz dos grupos, foi entregue ao Ministro e posteriormente será entregue em mãos ao Presidente Michel Temer, que saberá que permanecemos atuantes e incansáveis para trabalhar pelo Brasil, que tem pressa.
Os pontos principais, apoiados pelos movimentos, e que estão descritos na carta, são: 
1- PEC do Teto dos Gastos Públicos.

2- Reforma da Previdência

3- Reforma Trabalhista

4- Reforma do Ensino Médio 

5- Privatizações responsáveis e redução do estado



Durante a reunião, também os representantes reforçaram seu apoio à Lava Jato e às 10 Medidas contra Corrupção
Dentro do lema “Ordem e Progresso”, foram cobradas medidas para resolver a situação das invasões no campo e nas escolas. 
Os movimentos que levaram milhões de pessoas às ruas agora serão a VOZ para mostrar à sociedade o que interessa e o que é prejudicial pra reconstrução do país. 
As vozes das ruas chegaram até Brasília através daqueles que realmente mobilizaram pessoas também em locais fora do eixo da grande mídia. 
Um momento inédito na História de nosso País.
“Temos muito trabalho pela frente. E começa pela recuperação econômica.”, disse Joice Hasselmann.



“Lutamos por um  Brasil além de governos”, completou Nilton Caccáos Jr.


Veja abaixo o conteúdo completo da carta:

Deixe uma resposta