CURVEI-ME AOS MOVIMENTOS DO MEU CORAÇÃO

Fiz uma análise do mundo atual e percebi que a violência está dominando o planeta: “através de guerras, assassinatos, acidentes automobilísticos, enganação de autoridades e dos povos, isto em sua grande maioria”.

O que querem as pessoas das várias nações? É possível a união da raça humana? O que divide os povos? As religiões, as ideologias, a política, a busca do poder e do prazer. A grande maioria dos povos não volta às atenções para dentro de si. Caso cada ser humano cedesse aos movimentos dos seus corações, o mundo seria muito diferente.

Todas as religiões ensinam o lado bom, mas grande parte não consegue entender as realidades e parte para todo tipo de violência. Todos querem sobreviver em situação confortável, mas não sentem e não cedem aos movimentos interiores dos seus corações. Caso todos aprendessem a ligar com o seu lado espiritual e confiassem que Deus habita o teu Ser Interior, que o Eu Superior está dentro de si e diminuísse o orgulho, a busca desenfreada do poder, todos estariam em paz. Meditar e se concentrar na paz, diariamente, visualizar “tudo de bom” que deseja para o seu país, sua família e para a humanidade, faria de cada ser humano um instrumento ou veículo de Deus que se manifestaria através das atitudes humanas.

Uma vez por semana escolha um país em dificuldades e envie pensamentos de paz e amor ajudando a neutralizar as forças negativas que pairam sobre ele. O termo visualizar quer dizer, criar mentalmente. Os sentimentos de bondade emanados da tua mente e coração envolvem as pessoas ao seu redor. Os pensamentos não têm limites! Qualquer ser humano pode enviar os pensamentos a longas distâncias e contagiar em paz, luz, amor, bondade e saúde, tanto uma pessoa como todos que habitam o planeta. Quando o Mestre Jesus ensinou aos seus apóstolos dizendo: “Vós podereis fazer o que faço e muito mais”, estava ensinando a toda a humanidade que dentro de cada ser está o Deus do seu coração, ou seja, o Deus cujo conceito você assimilou.

Ao harmonizar-se com o seu interior, estará cedendo aos movimentos do seu coração e, através de inspiração e novas ideias que brotarão em sua mente será um ser de luz. A criação mental é o fruto do pensamento. Quando pensamos “negativamente” atraímos “coisas ruins”, mas, ao contrário, quando meditamos e elevamos os nossos pensamentos em assuntos positivos e deixamos a confiança e o otimismo invadirem os nossos corações, os sonhos de todos começam a se transformar em realidade.

 

Olavo Câmara é Advogado, Professor, Mestre e Doutor em Direito e Política e colaborador do Avança Brasil Maçons.

One Reply to “CURVEI-ME AOS MOVIMENTOS DO MEU CORAÇÃO”

  1. Luiz Antonio Facchini says: Responder

    Penso que enquanto não for resolvido o problema do crescimento desenfreado da população principalmente em áreas ´pobres será como enxugar gelo! O Planeta Terra já está saturado, não está cabendo mais humanos faz muito tempo,. Quando eu nasci a população era de 1,6 bi, agora multiplicou por 4!

Deixe uma resposta